Credufes

Ouvidoria: 0800-283-4655

Goiabeiras: (27) 3135-2155

Maruípe: (27) 3324-4655

credufes@credufes.coop.br

Blog

Post: O poder do cooperativismo na inclusão

A cidade de Rochdale, na Inglaterra, é conhecida como o berço do cooperativismo moderno. Lá, em 1844, um grupo de trabalhadores se uniu e montou seu próprio armazém, afim de comprar alimentos em grande quantidade e conseguir preços melhores. A Sociedade dos Probos de Rochdale, como são assim conhecidos, mudou padrões econômicos da época e foi pautada por valores e princípios que regem até hoje o cooperativismo. No Brasil, o movimento teve início oficialmente em 1889, com a criação da Cooperativa Econômica dos Funcionários Públicos de Ouro Preto. Desde então, com seu poder educador e emancipador, o cooperativismo tem se apresentado como instrumento para a redução da pobreza e das desigualdades.

“Enxergamos no cooperativismo e no associativismo, soluções para diversas questões atuais, como o incentivo ao empreendedorismo, com a inclusão de jovens no mercado de trabalho, contribuindo, assim, com a redução da pobreza, das desigualdades sociais e do endividamento das famílias, com melhorias na qualidade de vida”

Afirma o professor do Departamento de Ciências Contábeis da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) e Conselheiro Fiscal da CRED-UFES, Leonardo de Resende Dutra.

De acordo com o docente, o momento de estagnação econômica vivenciado pelo Brasil tem feito com que o poder de inclusão, educação e emancipação proporcionado pelas cooperativas seja amplamente discutido. “A grandeza do cooperativismo se revela na satisfação dos associados, com a possibilidade de solução dos seus problemas financeiros e de sua família, pois passam a ter acesso a diversos serviços financeiros, com taxas de juros e preços diferenciados, além de receber parte das sobras apuradas no término do exercício”, explica.

Formulário de Indícios de Ilicitudes

Através deste canal, os colaboradores, cooperados, parceiros e fornecedores podem reportar, sem a necessidade de se identificarem, se for o caso, quaisquer situações relativas a indícios de ilicitudes de qualquer natureza, relacionadas às atividades da CREDUFES. O Conselho de Administração nomeou um componente específico para receber as ocorrências aqui registradas, de forma isenta, independente, confidencial e imparcial e dar o encaminhamento às áreas competentes para o tratamento das situações, bem como reportar ao Banco Central do Brasil nos prazos estipulados, em atendimento à Resolução 4.567 do Bacen de 27/04/2017.

Formulário de Ouvidoria

Comunicado Importante

Para trazer mais mobilidade e agilidade nos serviços e atendimentos, a partir de 01/08/2022, O POSTO DE ATENDIMENTO Cred.Ufes da HUCAM não terá mais movimentação de dinheiro em espécie para saque e/ou depósito. Serviços de empréstimos, convênios e pagamento de contas continuarão sendo realizados e o pagamento de contas, inclusive, poderá ser feito pelo app, site ou agendamento.

Esta mudança permite que no mesmo atendimento para contrato de empréstimo seja possível pagar contas sem que haja necessidade de se dirigir ao caixa. Informamos ainda que os comprovantes ficam disponíveis permanentemente em meio digital.

OBS: O PAC do Campus – Goiabeiras (Centro de Vivência) permanece com atendimento normal e os depósitos também podem ser feitos na rede de autoatendimento do Banco do Brasil.